Rota Solar - Seu caminho para o sucesso!

Notícias, artigos e informações

Saiba tudo que acontece no mercado fotovoltaico

Rota Solar chega a cidade de Natal levando conhecimento e oportunidades de negócios para um mercado exponencial

Natal sediará 3 cursos de capacitação, como projetar, instalar e técnicas de vendas em energia solar. As inscrições estão abertas!

Por Rota Solar dia em Notícias

Rota Solar chega a cidade de Natal levando conhecimento e oportunidades de negócios para um mercado exponencial

Entre os dias 18 e 23 de setembro a Rota Solar 2017, primeira iniciativa organizada em escala nacional a levar conhecimento sobre geração de Energia Solar Fotovoltaica pelo Brasil, estará em Natal. Na programação, três cursos de capacitação de profissionais focados energia solar, visitas técnicas e reuniões de oportunidades de negócios.  Além disso faz parte da Rota Solar uma ação beneficente: será doada e instalada uma usina solar para uma entidade carente da cidade. O curso acontecerá no CREA RN em Natal.

Para o Engº Carlos Café, instrutor da Rota Solar, “o mercado solar crescerá de forma exponencial nos próximos 8 anos e exigirá milhares de profissionais qualificados em várias áreas de conhecimento. O desafio está em conectar parceiros tecnológicos, técnicos e comerciais do modo que o mercado possa crescer de forma mais acelerada e com alto nível técnico”.

Os três cursos oferecidos pela Rota Solar contam com mais de 50 horas de atividades, e, se complementam, desenvolvendo profissionais mais completos para o mercado: o primeiro tratará do dimensionamento e projeto sistemas solares fotovoltaicos; o segundo permitirá práticas de instalação e comissionamento; e, por fim o inovador curso de técnicas de vendas consultivas aplicadas aos negócios solares. Os cursos são direcionados a engenheiros, arquitetos, profissionais da área de manutenção e instalação, empresários e consumidores, entre outros interessados no setor de energia solar fotovoltaica.

As oportunidades de negócio e inovação vem crescendo a cada ano, e, desde 2012, quando entrou em vigor a RN 482/2012 da Aneel, abriram-se as portas para a Geração Distribuída (GD) de energia no Brasil. Neste cenário, o consumidor pode gerar sua própria energia elétrica a partir de fontes renováveis, e, fornecer o excedente para a rede de distribuição de sua localidade. Por meio da revisão da Resolução Normativa nº 687/2015 ampliaram-se as opções de geração solar por meio de usinas coletivas compartilháveis.

No Brasil e no Rio Grande do Norte

No ranking estadual de energia solar, o Rio Grande do Norte ocupa a 13ª posição no mercado nacional com cerca de 220 unidades consumidoras que já possuem suas usinas solares. O líder nacional é Minas Gerais que conta com mais de 3000 consumidores que já usam a energia solar.

As 200 usinas solares instaladas no Rio Grande do Norte tem uma potência de 2,7 MW, são capazes de produzir 4,4 milhões de quilowatts hora de energia elétrica por ano. Fazendo uma conta simples, se considerarmos que cada quilowatt hora custa 0,65 centavos, no primeiro ano a economia financeira destes consumidores será maior que 2,87 milhões de reais” calcula Carlos Café. 

O Brasil está na marca de 13 mil consumidores conectados à rede gerando a própria energia com o Sol, totalizando pouco mais de 100 Megawatts (MW) de potência, mas, segundo dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) até 2024, este número deve chegar a 1,2 milhões de prossumidores (produtos e consumidores da própria energia).

Outra vantagem da tecnologia é sua grande durabilidade prevista para mais de 25 anos o que protege os consumidores de aumentos de energia elétrica por muitos anos, levando a energia elétrica a um custo marginal próximo de zero, comenta Café”.

Em Natal, a Rota Solar conta com o importante apoio do SINTEC-RN (Sindicato dos Técnicos Industriais do RN), CREA-RN (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Norte) e ABGD (Assoc. Brasileira de Geração Distribuída).  

 

Por Alessandra Lopes - Momento Comunicação - Assessoria de Imprensa da Rota Solar

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: